Notícias

01/08/2018

Governo conclui obras que elevam para 80% o saneamento no Litoral

Governo

A governadora Cida Borghetti entregou nesta quarta-feira (04) o maior programa de expansão do saneamento já executado no Litoral do Paraná. Fruto de investimentos R$ 252 milhões, feitos pela Sanepar, o conjunto de obras eleva o índice de atendimento com coleta e tratamento de esgoto na região para 80%, o maior indicador de áreas litorâneas entre os municípios atendidos por companhias estaduais de saneamento. Antes das obras o índice era de 52%.

São 27.169 novas ligações no sistema de esgoto em Matinhos e Pontal do Paraná, municípios que abrigam a maior parte das praias paranaenses e as mais frequentadas. Foram implantados 515 quilômetros de rede coletora de esgoto e 29 estações elevatórias e substituídas redes antigas.

Cida afirmou que a entrega é histórica. "Demonstramos que o Governo do Paraná prioriza políticas públicas essenciais e que a população pode e deve ter uma vida de qualidade, com saneamento básico, que é condição primordial para que o ser humano viva com saúde", disse a governadora. Ela enfatizou que o investimento representa um grande reforço para consolidar a qualidade ambiental do Litoral do Paraná. "Nosso Litoral tem hoje as águas mais limpas para banho. Há ainda mais a fazer, mas o avanço é inegável", afirmou.

A governadora destacou os investimentos da Sanepar nos últimos anos, que somam R$ 5 bilhões, em municípios de todas as regiões. "Água tratada já atende 100% dos moradores urbanos das cidades atendidas pela Sanepar e tivemos avanço notável em sistemas de esgoto", disse Cida. Hoje a Sanepar tem índices superiores à média nacional, pois coleta mais de 70% do esgoto gerado nos centros urbanos e trata todo o esgoto que coleta. A média nacional de coleta e tratamento de esgoto não ultrapassa 50%.

O Litoral do Paraná, lembrou o presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski, era deficitário em sistemas de esgoto. "Agora fica entre os melhores do País. Isso é muito importante para manter o meio ambiente equilibrado, para a saúde da população. No Litoral, especificamente, há ainda mais um ponto relevante, pois é uma região onde as pessoas vêm para o turismo, que gera renda", afirmou Soavinski. "A gente vê tantos problemas com balneabilidade no Brasil, que espantam os turistas. No Paraná temos as melhores praias, graças aos investimentos feitos em Matinhos e Pontal Paraná e também em Guaratuba e em toda a região.

Em todo o Litoral, os investimentos da Sanepar em água e sistemas de esgoto somam R$ 480 milhões de 2011 para cá. Além disso, há investimentos do Estado em em infraestrutura urbana e viária, revitalização da orla dos municípios, saúde, segurança pública.

ANTES DO PRAZO - As obras tiveram início em 2016 e são entregues um ano e meio antes do prazo inicialmente previsto. Em Matinhos, foram implantados 250 quilômetros de rede coletora e 14 estações elevatórias, beneficiando 13.474 famílias. O Índice de Atendimento com Rede Coletora passou de 51% para 83% da população. Em Pontal do Paraná, são 265,5 quilômetros de rede coletora e 15 estações elevatórias, beneficiando 13.695 famílias. O Índice de Atendimento com Rede Coletora passou de 25% para 73% da população.

O investimento no Litoral recebeu financiamento com recursos do FGTS, repassados pela Caixa Econômica Federal e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Foram R$ 176,43 milhões da Caixa e R$ 58,47 milhões do BRDE.

BENEFÍCIOS - Os prefeitos de Matinhos, Ruy Hauer, e de Pontal do Paraná, Marcos Fioravanti, reforçaram os benefícios que a expansão do saneamento garante aos moradores e aos turistas e para o desenvolvimento das cidades. "Garante saúde, balneabilidade, mais movimento na cidade. Todo mundo fica feliz", afirmou Fioravante. Ele disse que o benefício é para toda a população e que, na temporada, mais de 300 mil pessoas serão beneficiadas.

Os investimentos nas duas cidades, afirmou Ruy Hauer, impacta em todo o Litoral. "Esse programa mudou o nosso Litoral para sempre, essa obra que poucos políticos gostam de fazer porque fica enterrada, mas é de suma importância para todos", disse ele.

PRESENÇAS - Participaram da solenidade o presidente do BRDE, Orlando Pesssuti; os deputados estaduais Tião Medeiros, Alexandre Curi e Nelson Justus e lideranças da região
Box
Investimento envolve educação socioambiental

Além das obras, o programa de expansão do saneamento no Litoral do Paraná envolve também um trabalho de educação socioambiental. Em Matinhos, já foram realizadas abordagens domiciliares de serviço em imóveis 14.567 famílias, para sensibilização, orientação técnica e vistorias. Foram realizadas reuniões comunitárias e ofertados cursos de formação para encanadores com a participação de 30 profissionais.

Em Pontal do Paraná o trabalho de sensibilização, orientação e vistoria já alcançou 11.555 famílias. Houve 12 reuniões comunitárias e 30 profissionais formados pelo curso de encanadores. Em ambos os municípios o trabalho prossegue em 2019.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.